Jogo de Estratégia em Tempo Real – Medieval Total War 

Parte do jogo Vida Melhor de Zack e Woody passa-se num salão de arcade.

Imagem: Parte do jogo Vida Melhor de Zack e Woody passa-se num salão de arcade. Será que em algumas das máquinas está o jogo Medieval Total War?

Entre os jogos de vida virtual mais jogados de todos os tempos estão os jogos de estratégia em tempo real mas jogados por turnos, como o jogo Medieval: Total War nos quais cada jogador faz uma jogada e depois espera pela jogada do adversário. Uma vantagem deste tipo de jogo é que o jogador fica à vontade para planear as melhores jogadas e táticas para colocação dos seus avatares e exércitos o que pode decidir a vitória ou derrota numa batalha. Aqui o jogador pode ainda decidir se participa ativamente na batalha comandando o seu exército ou se deixa o computador decidir qual o lado vencedor a partir de vários fatores relacionados com cada exército.

O Medieval Total War é um jogo de 2002, tem ambiente na Idade Média, e é na verdade a sequência de Shogun: Total War, o primeiro jogo da série. A mecânica de jogo é semelhante ao Shogun, com os jogadores construindo impérios na idade média, e com cenários da Europa, Norte de África, e Oriente Médio. Nas cenas de batalha o Medieval Total War é um jogo 3D virtual com gráficos de grande realismo para a época em que foi feito, com cada jogador comandando o seu exército e vencendo ou perdendo batalhas que irão decidindo quem faz mais conquistas.

O objetivo de Medieval é conseguir controlar todo um império que se estende desde a Europa até ao Oriente Médio passando pelo Norte de África. Para isso o jogador deve, não só vencer batalhas, mas também dar atenção a aspetos religiosos, políticos, e diplomáticos, essenciais para alcançar mais poder dentro do jogo.

O mapa de jogo é dividido nas várias facções da época, tendo mais de dez delas jogáveis. Algumas são o Império Bizantino, a França, a Inglaterra, o Império Romano, entre outras. Algumas outras facções vão surgindo no desenrolar do jogo. Além do modo de campanha, o jogador pode também entrar em modos de jogo onde deverá participar e tentar vencer diversas batalhas históricas, como a Guerra dos Cem Anos, por exemplo.

No início de cada jogo, o jogador deve escolher qual a sua facção, e ir avançando no desenvolvimento e conquista do maior território possível, através construção de estruturas, recrutamento de novas unidades, e até de espionagem do inimigo e assassinatos. A religião é muito importante e pode ser usada para conseguir a lealdade de províncias inteiras pela conversão religiosa dos seus habitantes.

Ao longo do jogo o jogador pode coletar impostos da população para desta forma conseguir mais dinheiro e aumentar o seu poder, e também é possível realizar trocas comerciais com outras províncias dentro do jogo. Os próprios castelos controlados pelo jogador podem ser ampliados e servir de base para novas construções.

A vitória de determinada batalha assim como o avanço do jogo podem ser determinados pelas próprias características dos personagens, pois eles distinguem-se entre si, pela sua personalidade, e com diferentes capacidades de comando de exércitos ou de governo de províncias, que podem revelar-se importantes elementos a  considerar, juntamente com outros, como as condições de saúde do personagem e sua personalidade. Leia mais sobre o jogo de vida virtual Medieval Total War e as opiniões dos críticos sobre ele neste link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Medieval:_Total_War.